Conventos e Mosteiros

Sé Catedral
Sé Catedral do Porto

O "Tesouro da Sé"
















Construção do século XII. Estilo românico. D. João I aqui se casou com Dª. Filipa de Lencastre em 1387. Na Torre do lado Norte encontra- se um baixo relevo, que representa uma embarcação do século XIV, que simboliza a vocação marítima da cidade. De salientar no seu interior, a Sacristia, a imagem medieval da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Vandoma, o Claustro, a capela de João Gordo colaborador de D. Dinis e cavaleiro da Ordem dos Hospitalários, com um túmulo gótico, a Sala do Capítulo, o Tesouro, as Pinturas  e escadaria de Nicolau Nazoni, o retábulo em Talha Dourada, o Altar em prata do Santíssimo Sacramento, a Capela de S. Vicente, o Sino da Câmara ou de Correr de 1778 e o Sino de Relógio da Cidade de 1697.



O Claustro
O Interior da Catedral
















Imagem artística do Claustro da Sé Catedral do Porto



Paço Episcopal

Mandado construir pelo bispo  D. Fr. João Rafael de Mendonça.
A fachada tem influência de Nicolau Nasoni.


Convento de S. Francisco

Estilo neoclássico. Projectado pelo italiano Luigi Chiari. De salientar :

A Igreja -  Construída no lugar da antiga capela de S. Miguel entre os anos de 1383 e 1410. è a única Igreja da cidade do Porto em estilo gótico. Classificada como monumento nacional desde 1910.

A Casa do Despacho da Igreja - projectada por Nicolau Nasoni. Antigo albergue de pobres e de assistência a mulheres. Actual museu da Venerável Ordem de S. Francisco.

Antigo Hospital da Venerável Ordem de S. Francisco - 1859
Novo Hospital da Venerável Ordem de S. Francisco


Convento de S. Bento da Vitória

Fundado no século XVI no lugar que pertencera á judiaria do Olival. Obra projectada pelo arquitacto Diogo Marques, foi finalizada no século XVII.


Convento de Monchique



Mosteiro de Stª Clara




























De salientar no interior a talha dourada, considerada a mais rica na Península Ibérica.